quarta-feira, 30 de março de 2011

O Imperador Amarelo

Tratado sobre a verdade natural nos tempos antigos. O Imperador Amarelo foi dotado de talentos divinos, nos tempos antigos em que nasceu e quando atingiu a perfeição ascendeu ao Céu. Uma vez o Imperador se dirigiu a T'ien Shih, o mestre divinamente inspirado nos seguintes termos:
- Ouvi dizer que nos tempos antigos as pessoas viviam mais de um século e não se tornavam decrépitas, permaneciam ativas e lúcidas. Hoje em dia as pessoas vivem a metade desses anos e mesmo assim tornam se débeis e confusas. É por que o Mundo muda de geração para geração? Ou será por que a espécie humana negligencia as leis da natureza?
- Antigamente as pessoas compreendiam o Tao ( o caminho do auto desenvolvimento) moldavam se de acordo com o Ying e o Yang ( os dois princípios da natureza) e viviam em harmonia com as artes da adivinhação. Havia temperança no comer e no beber. As suas horas de levantar e recolher eram regulares e não desordenadas e ao acaso. Graças a isso, os antigos conservavam seus corpos unidos as suas almas, a fim de cumprirem por completo o período de vida que lhes estava destinado.Hoje as pessoas não são assim;  adotam a temeridade e a negligência como comportamento habitual, entram na câmara do amor em estado de embriaguez; as paixões exaurem-lhes as forças vitais; o ardor dos desejos malbarata-lhes a verdadeira essência, não são hábeis na regulação de sua vitalidade. Devotam toda sua atenção ao divertimento dos seus espíritos, desviando se assim das alegrias da longa vida. Levantam- se e deitam-se sem regularidade. Por tais razões, só chegam à metade de cem anos e degeneram.
Na antiguidade mais remota, os ensinamentos dos sábios eram seguidos pelos que estavam abaixo deles. Os sábios diziam que a fraqueza, as influências insalubres e os ventos nocivos deviam ser evitados em ocasiões específicas. Sentiam se tranquilamente satisfeitos no nada e a verdadeira força vital os acompanhava sempre, preservavam dentro de si o vigor primitivo. Assim, como podia a doença acometê los?

A que vos fala...

A que vos fala...
Sou uma mensageira do meu tempo, estudei música teatro medicina jornalismo e história; conheci o mestre Juan -em Teatro Buenos Aires- aprendi a desaprender tudo isso e a me reconectar com a fonte; com a #linguagemdascores, a lógica do Cosmos e a Cosmologia xamánica, vem para condensar toda essa experiencia; hoje calculo mapas cosmológicos, guio reprogramações e analiso jogos de pedras como terapia. Aplico todos estes conhecimentos no Planetas Studio, virtual e presencialmente; vivencio a transformação!

Postagens populares

Planeta Homem

Planeta Homem

Translate

Google+ Followers