Novo Sistema Trappist-1

Novo Sistema Trappist-1
+ 7 Planetas

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Ativação do portal 12:12 Os 12 portais multidimensionais

Espalhados estratégicamente pelo planeta, estes portais multidimensionais, começaram a ser ativados em 1 de janeiro de 2001, a primeira da sequencia de portais de data tripla que culmina em 12-12-12
Localizados e ativados foram já em:
Africa Monte Kilimanjaro
Arkansas Pinnacle Mountain
Austrália Uluru
China Pirâmides Xi-an
Egito Guizé
Escócia Capela Roslyn
Polinésia Francesa Moorea
Rússia  Sibéria Lago Baikal
Rússia Montes Urais
Sri Lanka

estão por ser ativados
11-11-11 Bolívia Lago Titicaca
12-12-12 Brasil São Thomé das Letras

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Ativação do portal 12:12

Todos de alguma maneira lembramos da Atlântida, continente de seres perfeitos, onde os dragões lhes serviam voluntáriamente, por amor, e que um dia desapareceram misteriosamente sem deixar rastros.
Informações de que 9 enormes cristais feitos de uma liga de platina-ouro-hiperquartzo, teriam sido salvos
por terem a missão especial de emitir uma frequencia vibracional capaz de abrir  12 portais multidimensionais
onde nós seres de carbono poderemos interagir com os seres de bioplasma.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

TAO XXIX




Querer conquistar e manipular o mundo,
sei por experiencia que não dá certo.
O mundo é uma coisa espiritual que não se pode manipular,
quem o manipula o destrói,
quem quiser segurá-lo, perde-o.
As coisas ora se adiantam,ora se atrassam,
ora irradiam calor, ora sopram geladas,
ora são fortes, ora delgadas,
ora flutuam na superfície, ora despencam.
Por isso o sábio evita
todo excesso: de quantidade, de número e de medida.


quarta-feira, 14 de setembro de 2011

La iluminada -el dia que Marta López se sentó en el medio de la plaza-

Cap 1. Cena 3: Marta Lopes y el círculo mágico.
La primera cosa que la Marta vió, gracias a la posición de buda en la que se encontraba en el medio del coreto sobre una manta colorida que Matilde le habia traído del Chaco, fueron los pies de su madrina... fue subiendo los ojos al mismo tiempo que levantaba la cabeza, hasta llegar a ver la parte más alta de ésta su madrina, que por esas casualidades, estaba detenida justo enfrente del sol. La luz que pareciá brotar de la nuca de tía Anthéa casi cegaba... era la luz del sol.
- madrina...
- no precisás explicarte, ya sabía
De pronto el sol se cubrió por entero, las nubes iniciaban locas disparadas, se oscureció de repente, tronó, refusiló, estalló; vino la lluvia,
- hace mucho que estás?
-... creo dos días....
- Es. Me lo dijo Tânia.
- Ella está preocupada, nada mais.
- Ella no me entiende! Nunca me entendió! Siempre fue así!
La vieja comenzó a hacer un círculo alrededor de Marta
- que hacés madrina?
-al este pido mis protecciones, invoco mis aliados, llamo por Dios
Sin siquiera quererlo, sus movimientos recordaban muchas danzas juntas, antiguas ceremonias perdidas en el tiempo...
- al sur, hago mi pedido, mi oración, mi mensaje
- qual es tu mensaje madrina?
- mi mensaje es que la mentira es la estratégia de la verdad,
- no entiendo, madrina, tengo sed,
- al oeste: preparo, enumero, dispongo en ordem, limpio y aperfecciono mis herramientas de trabajo, mis armas
-madrina, me encontré hace poco con una generala de glândulas, una generalíssima, una glândula pineal!
- delirás de hambre y sed
- falta mucho?
- al norte entrego alguna cosa, cuanto más preciosa, la cosa, más consigo!
Cuando estaba exactamente detrás de la espalda de Marta, se quedó quieta de pronto y con voz de trueno en el medio de la lluvia le preguntó a Marta:
- pero por qué en el medio de la plaza, Marta López?!
-no lo sé...y por qué no, madrina?
Y el silencio volvió.
Sólo la llluvia

terça-feira, 13 de setembro de 2011

A Iluminada- o dia que marta lopes se sentou no meio da praça-

Cap 1: Cena 2  Marta Lopes e a Glândula Pineal
Do outro lado da praça, olhando do coreto em meio as névoas caraterísticas do local montanhoso sulmineiro, marta consegue distinguir um pequeno corpo em forma de cone, que varia de tamanho conforme o estado mental, semelhante a uma pinha.
- alto lá! quem se aproxima?
- me chamam de glândula pineal, pois me assemelho a uma pinha
- qual a ciência que te conhece?
- a ciência conhece pouco de mim e as minhas funções...
- e que funcões são essas? - marta já estava ficando nervosa com a petulância do cone falante
- minha função é governar diretamente os órgãos geradores e o cérebro
- você é a presidenta das glândulas!
- meu cargo é : Generalíssima!!!
-!!! e de onde você vem?
- da pia mater, de onde vemos o passado com a mente aberta  lemos nas entrelinhas e as palavras dos livros da terra se tornam uma mina cheia de gemas de raras espécies;  e você?
- de um lugar ao sul, prateado, argentum
marta lopes ficou em silêncio digerindo as informações de sua nova amiga cônica, e chegou à certera conclusão que se existia algo mais petulante e pretensioso do que um conterrêneo seu, só podia ser essa tal de glândula pineal.

sábado, 10 de setembro de 2011

A Iluminada- o dia que marta lopes se sentou no meio da praça-

Capítulo 1:  Cena 1 Marta Lopes
Nesse dia, Marta Lopes, se sentou no meio da praça, no coreto, e disse:
- eu me sento aqui e não faço mais nada, estou iluminada!-.
No início todo mundo pensou que a Marta estava ficando louca, mais, no segundo dia, Tânia, começou a preocupar se.... - já vão dois dias que a Marta esta sentada no coreto e nem sequer come!-
-qual Marta?
- a filha de Remédios
- qual Remédios|?
- filha da Oca!
-?
- a da casa verde!!!
- Ah! sim, afilhada minha, sabia? mais então, o que acontece com Marta Lopes?
-está sentada na praça
- vai ver esta com calor...
- é que já vão dois días...
A velha Tia Anthéa, olhou para cima, para baixo, para trás... e com seu sábio olhar de antiga lagartixa, milenar e dinossáurico lhe perguntou a Tânia:
-será que espera alguém?
- não... ela disse que está iluminada e que...
Tia Anthéa não lhe deixou acabar a frase, e mais veloz que um raio, se enrolou em seu manto e atravessou a praça. Precisava falar com Marta.
- Só pode ser isso, ela espera alguém.

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

A que vos fala...

A que vos fala...
Sou uma mensageira do meu tempo, estudei música teatro medicina jornalismo e história; conheci o mestre Juan -em Teatro Buenos Aires- aprendi a desaprender tudo isso e a me reconectar com a fonte; com a #linguagemdascores, a lógica do Cosmos e a Cosmologia xamánica, vem para condensar toda essa experiencia; hoje calculo mapas cosmológicos, guio reprogramações e analiso jogos de pedras como terapia. Aplico todos estes conhecimentos no Planetas Studio, virtual e presencialmente; vivencio a transformação!

Postagens populares

Planeta Homem

Planeta Homem

Translate

Google+ Followers