Novo Sistema Trappist-1

Novo Sistema Trappist-1
+ 7 Planetas

terça-feira, 26 de abril de 2011

Identidade Mapa Carta Cosmológica

O Mapa Cosmológico pode ser visto como um menú dos programas da nossa mente, nascemos programados, prontos. Nosso ponto de partida é que  o posicionamento dos planetas durante o período da gestação tem influências na formação do cérebro. Nosso caminho de análise começa no momento da concepção e culmina no nascimento. Neste período de 9 meses detectamos 4 momentos especiais onde acontece a entrada das energias ( memórias, programas) que são as que determinam nossas motivações
( centro umbilical), nossa maneira de ver o mundo ( percepção), nossa forma de conexão com os outros  (sentimento), e nossa guia ou condução (nascimento). Em cada uma destas entradas, recebemos 3 programas; no final teremos 12 programas diferentes cada um com sua história e um grau de evolução; toda a história da humanidade se repete em cada um de nós a cada nascimento, no início tudo é confuso e nebuloso, são 12 hóspedes que não se conhecem, que falam línguas diferentes... é o início da vida. Aos poucos, em quanto vamos nos conhecendo, aprendemos a manipular e usar nossas aptidões inatas; e assim, ao chegar à vida adulta, por volta dos 30 anos, já sabemos do que somos capazes e o resto é o aperfeiçoamento dos dons com os quais já nascemos. O Mapa Cosmológico nos permite ver qual a nossa carga energética, com quais programas estamos providos e assim explorar todo nosso potencial, na direção certa, na hora certa. Este conhecimento é libertador!  As vezes procuramos por alguma coisa que não encontramos e isso nos frustra, e começamos a criar nossos fantasmas, e ao analisar a situação com uma certa distância e objetividade, podemos ver que talvez não possuímos esse programa, ou ainda não esta em tempo de... exemplo:  "meu sonho é ter a minha casa" ...o ser humano é um ser social, suas ações devem ser congruentes com sua época, geralmente todos seguem um caminho já trilhado por outros antes..."como se faz para ter uma casa?"..."pega se um empréstimo"..." depois pagam se as prestações ao banco..." eu quero fazer igual ao outro... seguir o procedimento padrão... mais, eu sou igual ao outro?  Não!!.  Como raça humana somos todos iguais; como raça cosmológica, não existe um igual ao outro.  Por isso as fórmulas coletivas não funcionam , e aí que este conhecimento se torna Indispensável!  Esta é a ponta do iceberg da revolução no pensamento científico> a cosmologia energética!  Interessou?  Fale comigo. Saudações! Flavita mk

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Ações à tempo!

A interação das quatro estações e a interação do Yin e do Yang, os dois princípios da Natureza, são os alicerces de tudo quanto existe na criação. Daí que os sábios tenham concebido e desenvolvido o seu Yang na primavera e no verão e concebido e desenvolvido seu Yin no outono e no inverno, a fim de respeitarem a "regra das regras"; e assim, juntamente com tudo o mais da criação, os sábios mantiveram se no limiar da vida e do desenvolvimento Os que se rebelam contra as regras básicas do universo cortam as próprias raízes e destroem a sua verdadeira personalidade. O Yin e o Yang -os dois princípios da natureza- e as quatro estações saõ o princípio e o fim e são igualmente a causa de vida e morte. Os que desobedecem às leis do universo dão origem a calamidades e provocações, enquanto os que respeitam as leis do universo permanecem isentos de doenças perigosas, pois a eles foi concedido o Tao, o Caminho Certo.O Tao era praticado pelos sábios e admirado pelos ignorantes. A obediência às leis do Yin e o Yang, significa vida; a desobediência significa morte. Os obedientes dominarão, enquanto os desobedientes viverão em desordem e confusão. Tudo quanto é contrário à harmonia com a Natureza é desobediência e equivale à rebelião contra a Natureza. Por isso os sábios não tratavam aqueles que já estavam doentes e instruíam aqueles que ainda não estavam doentes. Não queriam guiar àqueles que já eram rebeldes; guiavam aqueles que ainda não eram rebeldes.Administrar remédios a doenças que já se desenvolveram e reprimir revoltas que já eclodiram é comparável ao comportamento daquelas pessoas que começam a abrir um poço quando já estão com sede, ou daquelas que começam a fundir armas depois de já terem se lançado na batalha. Não chegariam essas ações demasiado tarde?

terça-feira, 19 de abril de 2011

A evolução da Física. O enigma da cor.

Foi novamente o gênio de Newton que explicou pela primeira vez a riqueza das cores do mundo. A luz do Sol é branca, após atravessar um prisma ela mostra todas as cores que existem no mundo visível. A própria natureza produz o resultado na bonita gama de cores do arco íris. Uma das bordas sempre é vermelha e a outra violeta, entre elas estão arranjadas todas as outras cores. Eis a explicação de Newton: Toda cor já está presente na luz branca. Elas todas atravessam o espaço interplanetário em uníssono e dão o efeito de luz branca. A luz branca é uma mistura de corpúsculos de tipos diferentes pertencentes às diferentes cores. Na experiência de Newton o prisma as separa no espaço. De acordo com a teoria mecânica,  a refração resulta de forças agindo sobre as partículas de luz e originadas pelas partículas de vidro. Essas forças são diferentes para corpúsculos pertencentes a cores diferentes, sendo as mais fortes as do violeta e as mais fracas as do vermelho. Cada uma das cores será portanto refratada ao longo de uma trajetória diferente, sendo separadas umas das outras quando a luz deixa o prisma. No caso de um arco íris as gotículas de água representam o papel do prisma.
Nas palavras de Newton: " ... cores essas que não são geradas, mas apenas tornadas aparentes ao serem separadas;pois se forem  de novo misturadas e combinadas, comporão novamente aquela cor, como faziam antes das separação.. A riqueza de  cores do mundo, reflete a variedade de cores de que é composta a luz branca".

quarta-feira, 13 de abril de 2011

cosmologia nova ciência: wonderfull world

cosmologia nova ciência: wonderfull world

cosmologia nova ciência: O Jogo das Pedras El Juego de abalórios NeuroEixo ...

cosmologia nova ciência: O Jogo das Pedras El Juego de abalórios NeuroEixo ...: "são estes os nomes mais conhecidos para designar este jogo intemporal que atravessa os milênios e todas as distâncias impossíveis para chega..."

cosmologia nova ciência: Profecias Proferidas Por Don Juan Carlos Ernesto R...

cosmologia nova ciência: Profecias Proferidas Por Don Juan Carlos Ernesto R...: "...acredito que a Terra não passa do ano 2250, por isso as mudanças estão tão acentuadas, a Cosmologia prevê o afundamento da Califórnia que..."

cosmologia nova ciência: Amarelo!Novo Ano Cosmológico!

cosmologia nova ciência: Amarelo!Novo Ano Cosmológico!: "Começa no dia 20 de março às 21 horas o ano novo cosmológico que coincide com a entrada do Sol na casa de Áries e o equinócio de outono. As ..."

cosmologia nova ciência: O Estudo dos Planetas como Ciência Sagrada e o seg...

cosmologia nova ciência: O Estudo dos Planetas como Ciência Sagrada e o seg...: "A Astrologia é uma das 7 Ciências consideradas sagradas cultivadas pelos iniciados do mundo antigo, aperfeiçoada pelos filósofos-magos da ép..."

terça-feira, 12 de abril de 2011

cosmologia nova ciência: Palavra Pérola Abracadabra

cosmologia nova ciência: Palavra Pérola Abracadabra: "O valor da flecha reside em atingir o alvo. Se és puro, o sentido oculto emergirá da estrutura da palavra escrita; pois até que o homem emer..."

Palavra Pérola Abracadabra

O valor da flecha reside em atingir o alvo. Se és puro, o sentido oculto emergirá da estrutura da palavra escrita; pois até que o homem emerja da impureza, como pode A Palavra emergir da folha? Enquanto estivermos encobertos pelo ego, como poderiamos distinguir o bem e o mal? A Palavra em si mesma não é nenhuma panacéia para a alma: cabras não engordam a um simples chamado do cabreiro.  Por que pretendes ser alguém nesta tua aldeia? A única coisa que te distingue é  que não ser absolutamente nada é melhor que quaisquer dessas distinções! Podes pensar que és algo mais este algo não é nada. Pensas que vales alguma coisa?-assim o fazem os pontos de um dado. Feliz do homem que do mundo apagou sua marca, não busca nem por ninguém é buscado. Quem quer que seja apanhado pelos laços deste mundo só tem chance de vencer se escapar ao seu poder; pois este mundo é fonte de dor e pesar: os sábios o chamaram de campo de trânsito. Visto que à luz da razão e da visão, duas fugas a tempo valem por três vitórias, seguramente é o cúmulo da estupidez te retardares nesta ponte. Saudações. Flavita mK.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

As 4 estações e o espírito humano

Os três meses de primavera se chamam o período do princípio e do desenvolvimento da vida. As exalações do Céu e da Terra estão preparadas para gerar; assim, tudo se desenvolve e  floresce.
Após uma noite de sono, as pessoas devem levantar se de manhã cedo, caminhar vivamente pelo pátio, soltar o cabelo e tornar mais lentos os movimentos do corpo. Procedendo assim podem realizar o seu desejo de viver saudavelmente.  Durante este período, o corpo dever ser encorajado a viver e não a ser morto; devemos ceder lhe livremente e não lhe tirar nada; devemos recompensá lo e não castigá lo.  Tudo isto esta em harmonia com a exalação da primavera e tudo isto é o método de proteção de nossa vida.  Os que desrespeitam as regras da primavera serão punidos com o mal do fígado. A esses o verão reservará arrepios e mudanças más. Assim terão pouco com que apoiar o seu desenvolvimento no verão.
Os três meses de verão  chamam se período do crescimento luxuriante. As exalações do Céu e da Terra misturam se e são benéficas. Está tudo em flor e começa a dar fruto.  Após uma noite de sono, as pessoas devem levantar se de manhã cedo. Não se devem cansar durante o dia, nem consentir que seu espírito se irrite.  Devem permitir que as melhores partes do seu corpo e do seu espírito se desenvolvam; devem permitir que o seu hálito se comunique com o mundo exterior e devem proceder como se amassem tudo quanto existe exteriormente. Tudo isto esta em harmonia com a atmosfera do verão e tudo isto é o método de proteção do nosso desenvolvimento. Os que desrespeitam as leis do verão serão punidos com o mal do coração. A esses o outono tratá febres intermitentes. Assim terão pouco apoio para as colheitas outonais e sofrerão de doença grave no solstício de inverno.
Os três meses do outono chamam se período da tranquilidade de nossa conduta. A atmosfera do Céu é intensa e a atmosfera da Terra é desanuviada. As pessoas devem deitar se e levantar se cedo, com o cantar do galo. Devem ter o espírito em paz, a fim de minimizarem a punição do outono. Alma e espírito devem unir se para que a exalação do outono seja tranquila, e para conservarem seus pulmões puros as pessoas não devem dar expansão aos seus desejos. Tudo isto esta em harmonia com a atmosfera do outono e tudo isto é o método de proteção da nossa colheita.  Os que desrespeitam as leis do outono serão punidos com um mal pulmonar. A esses o inverno trará indigestão e diarréia e, assim, terão pouco apoio para o armazenamento do inverno.
Os três meses de inverno se chamam período de fechar e armazenar. A água gela a terra e abre fendas. Não devemos perturbar o nosso Yang. As pessoas devem deitar se cedo e levantar se tarde, esperar que o Sol nasça. Devem reprimir e ocultar os seus desejos, como se não tivessem nenhum objetivo interior, como se estivessem em tudo satisfeitas. As pessoas devem tentar fugir do frio e procurar calor, não devem transpirar pela pele e devem privar se da exalação do frio.  Tudo isto esta em harmonia com a atmosfera do inverno e é o método de proteção do nosso armazenamento. Os que desrespeitam as leis do inverno sofrerão do mal dos rins ( testículos);  a eles a primavera trará impotência e produzirão pouco.
Os sábios respeitavam as leis da natureza, e, por isso, seu corpo estava isento de doenças estranhas; não perdiam nada do que tinham recebido da natureza e o seu espírito de vida nunca se esgotava.

A que vos fala...

A que vos fala...
Sou uma mensageira do meu tempo, estudei música teatro medicina jornalismo e história; conheci o mestre Juan -em Teatro Buenos Aires- aprendi a desaprender tudo isso e a me reconectar com a fonte; com a #linguagemdascores, a lógica do Cosmos e a Cosmologia xamánica, vem para condensar toda essa experiencia; hoje calculo mapas cosmológicos, guio reprogramações e analiso jogos de pedras como terapia. Aplico todos estes conhecimentos no Planetas Studio, virtual e presencialmente; vivencio a transformação!

Postagens populares

Planeta Homem

Planeta Homem

Translate

Google+ Followers