Novo Sistema Trappist-1

Novo Sistema Trappist-1
+ 7 Planetas

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Celeste, Inverno, Água

Entramos no período invernal que começa com a cor celeste que é do grupo da água e de categoria egôica (significa , literalmente, as energias que fazem em nós; onde o celeste  se  junta ao rosa marrom e dourado)
criativo, acolhedor, esteta, amante da forma e da beleza, do que é bom, o elemento aglutinador,que tem consciência de que o "massificar" é o efetivo poder transformador,
disse um profeta ocidental que ouviú de Deus:
- Abre a boca, e falarei por ti-
disse um profeta oriental que recebeu um abraço estrangulador e sufocante do anjo Gabriel que lhe disse:
- Recita-

é por isso que alguns de nós em certos tempos queremos ser poetas
Saudações Celestes FlavitamK

CosmologiaXamanica: Significado do celeste

CosmologiaXamanica: Significado do celeste: "Cor representante do universo feminino. Energia da proteção, do amor, do instinto maternal, da resignação. Temperamento suscetível e senti..."

CosmologiaXamanica: Ensinamentos de Juan Uviedo

CosmologiaXamanica: Ensinamentos de Juan Uviedo: "ENERGIAS COMANDANTES (30/08/2000) O Branco são as fichas onde vamos registrar as coisas: por isso é o passado, a história. O Preto é o o..."

terça-feira, 21 de junho de 2011

O Grande Segredo

O bom andarilho não deixa rastros.
O bom orador nada tem a refutar.
O bom matemático dispensa o ábaco.
O bom guardião não precisa de fechadura nem de chave,
e mesmo assim ninguém pode abrir o que ele guardou.
O que sabe amarrar bem não precisa de cordas nem de fitas,
e ainda assim ninguém pode desatar o que ele atou.
O sábio sempre sabe como salvar os homens;
por isso não existem para ele homens abjetos.
Ele sempre sabe como salvar as coisas;
por isso para ele não há coisas abjetas.
Isso quer dizer: viver na lucidez.
Assim, os homens de bem ensinam aos menos bons.
Quem não honra seus mestres
nem ama a própria matéria
estará em grave erro, a despeito de todo o seu conhecimento.
Esse é o grande segredo.
Tao Te King

quarta-feira, 8 de junho de 2011

O Jardim da Realidade

A alma vidente percebe a loucura de louvar outro além do Criador.
O "eu" é um servo em seu cortejo: a razão um calouro em sua escola.
Que é a razão nesta hospedaria, senão um rabisco torto da caligrafia de Deus?
Se Ele não tivesse se mostrado, como poderiamos tê lo conhecido?
A menos que Ele nos mostre o Caminho, como podemos conhecê lo?
Tentamos racionalizar nosso caminho até Ele: não funcionou;
mas do momento em que desistimos, nenhum obstáculo permaneceu.
Ele se apresentou a nós por bondade: de que outra forma poderiamos tê lo conhecido?
A razão nos levou até a porta, mas foi Sua Presença que nos deixou entrar.
Mas como poderás jamais conhecê  lo enquanto fores incapaz de conhecer te a ti mesmo?
Posto que um é um, nem mais nem menos: o engano começa com a dualidade;
a unidade não conhece o engano.
O lugar ele próprio não tem lugar:
como podería haver lugar para o Criador do lugar, céu para o artífice do céu?
A via que tu mesmo deves percorrer
consiste em polir o espelho do teu coração.
Não é com rebelião e discórdia que o espelho do teu coração é polido
limpo da ferrugem da hipocrisia e descrença:
teu coração é polido por tua certeza
-pela pureza inadulterável da tua fe-

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Diversos nomes do branco

cobre branco, cordeiro imaculado, Aibathest, Alborach, àgua-benta, mercúrio purificado, ouro-pigmento, Azoch, Baurach, Cambar, caspa, cerusa, cera, chaia, comerisson, eletro, éufrates, diamante, zivach, ziva, velo, narciso, lírio, hermafrodito hae, hipótese, hyle, leite da virgem, pedra única, lua cheia, mãe, óleo vivido, legumes, ovos, fleuma, ponto, raíz, sal da natureza, terra folhada, teves, tincar, vapor, estrela da noite, vento, virago, vidro do faraó, urina de menino, memória, passado, antigo, tradições, religiosidade, virgem, intocável, imaculado, limpeza, ordem, arquivo, familia, fe, castidade, igualdade, ética, História, museu, egito, purificação, neve, avatar, lux, inadulterável, incorruptível, tábula rasa,

A que vos fala...

A que vos fala...
Sou uma mensageira do meu tempo, estudei música teatro medicina jornalismo e história; conheci o mestre Juan -em Teatro Buenos Aires- aprendi a desaprender tudo isso e a me reconectar com a fonte; com a #linguagemdascores, a lógica do Cosmos e a Cosmologia xamánica, vem para condensar toda essa experiencia; hoje calculo mapas cosmológicos, guio reprogramações e analiso jogos de pedras como terapia. Aplico todos estes conhecimentos no Planetas Studio, virtual e presencialmente; vivencio a transformação!

Postagens populares

Planeta Homem

Planeta Homem

Translate

Google+ Followers