Novo Sistema Trappist-1

Novo Sistema Trappist-1
+ 7 Planetas

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Planetas e Glândulas endôcrinas.

No estudo sobre a origem do homem já encontramos dois corpos que mantém suas formas até hoje transformados en glândulas de secreção interna ou endócrinas. São eles o corpo pituitário e a glândula pineal as forças positivas e negativas que pulsam desde o início da criação. Nas alvoradas da época polar o ancestral do homem era uma forma ovoide e gelatinosa com um apéndice que lhe servia como locomoção e comunicação -a glândula pineal-, corpos que ficaram embutidos no cérebro e se transformaram em glândulas. Podemos dizer que a glândula pineal é o primeiro órgão de comunicação uma das forças ancestrais do homem relacionada com o planeta netuno e seria o núcleo das forças negativas e o corpo pituitário, o núcleo das forças positivas, relacionadas ao planeta urano. Através deles as hierarquias criadoras tem guiado o ser até sua configuração final.

A que vos fala...

A que vos fala...
Sou uma mensageira do meu tempo, estudei música teatro medicina jornalismo e história; conheci o mestre Juan -em Teatro Buenos Aires- aprendi a desaprender tudo isso e a me reconectar com a fonte; com a #linguagemdascores, a lógica do Cosmos e a Cosmologia xamánica, vem para condensar toda essa experiencia; hoje calculo mapas cosmológicos, guio reprogramações e analiso jogos de pedras como terapia. Aplico todos estes conhecimentos no Planetas Studio, virtual e presencialmente; vivencio a transformação!

Postagens populares

Planeta Homem

Planeta Homem

Translate

Google+ Followers