Novo Sistema Trappist-1

Novo Sistema Trappist-1
+ 7 Planetas

domingo, 30 de outubro de 2016

Planetas: O Sol Violeta suas implicâncias e militâncias explícitas.

Olá Planetas!!!! O Sol na casa do Violeta nos leva às profundezas do Ser onde finalmente podemos  encontrar a Nós mesmos; e assim poder formular novamente as perguntas iniciáticas: quem somos Nós? de Onde viemos? para Onde vamos?
A foto acima retrata a imagem do Porto de Santa Maria de los Buenos Aires, Buenos Aires, a minha cidade de origem, e essa estrutura branca que se assemelha a asa de um avião é a Ponte da Mulher. 

Meio aquática e meio terrestre uma coisa é certa, tem nome de mulher.

Sua face leste se reflete no espelho das águas que por mais turbulentas poluídas e purulentas mantém sua essência de devolver a imagem que a encara.

Predominante o estilo gótico já vem pincelando os sentimentos que aqui se movem, todo parece antigo esquecido em desuso; embora não tem como como contestar o gritante classicismo.

Não tem como se perder, ao leste esta o Rio da Prata pelo qual todos os outros pontos cardeais, são apenas os outros. 

Nenhuma alma sabe nunca o que estava procurando até que o encontra, quando o acha o reconhece desde sempre, como se nunca houvesse havido outro.

E chegando no ponto/plano dos sentimentos mais profundos nasce nesta bela dama de coração tangueiro acontecimentos desconcertantes; um profundo ódio ao gênero feminino que merece nossa atenção por que é um sintoma de uma doença antiga  que parecia erradicada mas que ressurge e nos alerta por que é altamente contagiosa e afeta todo o gênero humano é o medo do outro, aqui traduzido pela alta taxa de assassinatos femininos pelos mais fúteis e corriqueiros motivos de sempre: dos homens se acharem donos das mulheres, e ao mesmo tempo, serem as mulheres quem os parem e educam! e aqui a mais violenta autocrítica que não podemos nem devemos abafar para que nosso senso feminino e crítico não deixa passar batido que está em nossas mãos transformar todo este quadro; e aqui o Violeta é a única cor capaz de tamanha empreitada;  

A que vos fala...

A que vos fala...
Sou uma mensageira do meu tempo, estudei música teatro medicina jornalismo e história; conheci o mestre Juan -em Teatro Buenos Aires- aprendi a desaprender tudo isso e a me reconectar com a fonte; com a #linguagemdascores, a lógica do Cosmos e a Cosmologia xamánica, vem para condensar toda essa experiencia; hoje calculo mapas cosmológicos, guio reprogramações e analiso jogos de pedras como terapia. Aplico todos estes conhecimentos no Planetas Studio, virtual e presencialmente; vivencio a transformação!

Postagens populares

Planeta Homem

Planeta Homem

Translate

Google+ Followers