Novo Sistema Trappist-1

Novo Sistema Trappist-1
+ 7 Planetas

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Transcrições de Absolem, O Jogo das Pedras

Impossível precisar uma data no tempo em que o homem iniciou àtividade de atribuír a determinada pedra um significado por ele escolhido passando a utilizar esta pedra apartir daquèle conceito visando um fim específico.Nas minhas pesquisas por diversas culturas pude verificar que povos africanos penduravam  à porta das suas habitações, pedras,  lhes dando conceitos como arroz e outros alimentos com a intenção que èstes fossem abundantes. Sabemos que as pedras tem a propriedade de registrar, gravar um conhecimento, expressar um tipo de energia; ao analizarmos a pedra de uma pirâmide no Egito por exemplo, ela está carregada automáticamente de todas as lembranças deste tempo, informação que ela carrega pelo simples fato da sua presença naquele espaço naquele tempo.De forma similar podemos energizar as pedras com um determinado conceito por uma relação eletromagnética com o nosso cérebro.
O jogo das pedras se nos apresenta como um objeto de análise do eu, do mundo, de tudo. As civilizações tribais o utilizam como oráculo e objeto mágico. A construção do jogo para eles é o processo de uma vida, a criança ganha suas primeiras pedras dos seus padrinhos na hora do "batismo"
( é mais uma apresentação do novo ser ao cosmos),e o resto do filtro* vá conquistando com as suas experiencias até se tornar um guerreiro onde terá as 64 pedras e poderá descifrar seu mundo e o dos mais jóvens  que ainda não completaram seu processo de adquisição das  pedras.
Os conceitos destas pedras representam os mais importantes valores do jogador dentro dos que fazem parte da sua vida. Para cada ser que é unico há seu único jogo possível, e que jogo é esse?
O jogo do presente, dos que estão presentes, dos que participam do meu movimento de existencia.
Ao identificar as pedras-conceitos de cada um estamos decodificando o cérebro do possuidor do jogo,
num primeiro momento apenas o identificarão, e no processo, se consubstanciará num instrumento de tranformação de si próprio e da sua realidade; e assim será um viabilizador de um melhor trabalho no eu e no mundo.Assim podemos abandonar a ideia de que somos impotentes em base às circustâncias, e ver que somos capazes de deixar a passividade de lado e transformarnos em obreiros  do nosso próprio destino, atingindo com facilidade nossos objetivos.
* outros nomes atribuidos ao jogo das pedras

A que vos fala...

A que vos fala...
Sou uma mensageira do meu tempo, estudei música teatro medicina jornalismo e história; conheci o mestre Juan -em Teatro Buenos Aires- aprendi a desaprender tudo isso e a me reconectar com a fonte; com a #linguagemdascores, a lógica do Cosmos e a Cosmologia xamánica, vem para condensar toda essa experiencia; hoje calculo mapas cosmológicos, guio reprogramações e analiso jogos de pedras como terapia. Aplico todos estes conhecimentos no Planetas Studio, virtual e presencialmente; vivencio a transformação!

Postagens populares

Planeta Homem

Planeta Homem

Translate

Google+ Followers