quinta-feira, 26 de abril de 2012

Alma

Do latim ánima ánemos, do grego vento, em ánima estão contidas ideias de vida e alento " animam efflare" exalar àlma,  em quase todas as línguas significa, alma: sôpro, exalação, alento; a crença de que com o último alento àlma saísse do corpo é comúm a quase todos na terra.
Vários povos antigos consideravam àlma como uma espécie de duplo, um segundo "eu"que dormita em cada um de nós -enquanto vivo- e que abandona o corpo no último suspiro. Aqui se instaura a confusão da "alma gêmea", na morte o duplo não está disposto a retornar ou não acerta o caminho e em consequencia fixa residencia em qualquer outro corpo, objeto ou local.
Os índios e povos primitivos acreditavam que todo: pessoas, objetos e animais tem sua alma.
No animismo tudo tem seu duplo ou alma.
Há umas 3 posições à respeito d'àlma:
- a reencarnação o metempsicose (gregos) àlma em busca da purificação se incorpora sucessivamente em pessoas ou animais até encontrar um lugar definitivo de repouso e felicidade; espiritismo.
- a aniquilação ou perda da individualidade após a morte; uma assimilação d'alma com a divindade; budismo.
- a persistencia individual d'alma após a morte, segundo o cristianismo, sendo àlma uma substancia simples(?) e espiritual, é , naturalmente, inmortal, não pode estar sujeita à decomposição das partes por que não as tem.,
Àlma é criada por Deus individualmente para cada pessoa, deste modo a doutrina condena a explicação da origem do homem pela evolução da matéria!
É a partir dos gregos, e principalmente Aristóteles - de novo ele!- que se cria uma teoria racional ( não mítica) à respeito d'alma, esta doutrina se chamou psicologia racional.
Segundo Aristóteles àlma é o princípio vital de qualquer organismo, a soma de todos os seus poderes e processos, nas plantas é simplesmente vegetativo, nos animais também é motor e no homem além das capacidades anteriores é dotada da força da razão e do pensamento. Ele põe na alma humana 2 princípios o irracional e o racional, que é específico humano e apresentaria 2 faculdades
passiva( memória) e ativa ( raciocínio), ele a chama de "centelha divina" e somente a esta parte atribui a inmortalidade: os homens, no que tem de racional, participariam do divino, que é inmortal, nesta participação consistiria a inmortalidade d'alma.

A que vos fala...

A que vos fala...
Sou uma mensageira do meu tempo, estudei música teatro medicina jornalismo e história; conheci o mestre Juan -em Teatro Buenos Aires- aprendi a desaprender tudo isso e a me reconectar com a fonte; com a #linguagemdascores, a lógica do Cosmos e a Cosmologia xamánica, vem para condensar toda essa experiencia; hoje calculo mapas cosmológicos, guio reprogramações e analiso jogos de pedras como terapia. Aplico todos estes conhecimentos no Planetas Studio, virtual e presencialmente; vivencio a transformação!

Postagens populares

Planeta Homem

Planeta Homem

Translate

Google+ Followers