domingo, 29 de julho de 2012

O dia fora do tempo

No calendário maya que é lunar ( 13 lunações de 28 días) existe um período entre 24 e 26 de julho, que eles denominaram como dia "fora do tempo" um ajuste entre a sintonia lunar e a solar, a prosposta nesses días é de transformar de se desfazer daquilo que não nos serve mais, de perdoar, de zerar a conta; de começar de novo, uma mistura de ação de graças, dia do perdão e reveillon! Um dia para se libertar das amarras do tempo. Na cosmologia seria vivir plenamente no 5 tempo.
A data está baseada num alinhamento planetário da estrela Sírius do cão maior e o Sol, esta aproximação ocorre anualmente entre 24 e 26 de julho, e marca o início do ano no calendário maya.
Curiosamente encontramos esta marca astronômica no antigo calendário egipcio, a marca do início da cheia do rio Nilo onde se comemorava durante 7 días! A divindade homenageada era a deusa Isis esposa e irmã do faraó cujo representante celeste é a estrela Sírius; que é vista como elo de ligação, como acesso a um estado de consciencia que auxiliaria na evolução humana na terra.
O dia fora do tempo nos convida justamente a parar, deixar de fazer o que mecânicamente fazemos todos os dias, de alinharmos com o planeta.
A cosmologia, que se identifica com todos os conhecimentos terrâqueos, marca o signo de leão com a cor preta, que distingue como a Número Um. O início!

A que vos fala...

A que vos fala...
Sou uma mensageira do meu tempo, estudei música teatro medicina jornalismo e história; conheci o mestre Juan -em Teatro Buenos Aires- aprendi a desaprender tudo isso e a me reconectar com a fonte; com a #linguagemdascores, a lógica do Cosmos e a Cosmologia xamánica, vem para condensar toda essa experiencia; hoje calculo mapas cosmológicos, guio reprogramações e analiso jogos de pedras como terapia. Aplico todos estes conhecimentos no Planetas Studio, virtual e presencialmente; vivencio a transformação!

Postagens populares

Planeta Homem

Planeta Homem

Translate

Google+ Followers